quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

A experiência do amor no casamento nas Bodas de Oliveira

O amor cura a amargura e nos faz experimentar a graça de querer estar com a pessoa amada.

Nos faz querer fazer coisas simples como passar um pano no chão só por saber que  isso, em dada circunstância, tem o poder de fazer brotar um imenso sorriso no rosto dá pessoa amada.

É o amor que faz você mudar o seu foco de prioridades pelas prioridades que vão fazer a pessoa que você ama te dar um abraço espontâneo com um lindo sorriso que te desestrutura.

Quando você experimenta isso, conclui que valeu a pena ter vivido tantas situações adversas com a pessoa amada, sem abrir mão de continuar ao lado dela.

Quando você continua desejando abraçar e beijar quem você ama e, mais que isso,  sente que há reciprocidade e parceria no que está fazendo, sente que ali, mais do que paixão e sem matar a paixão, ali floresceu uma amizade, uma conivência, uma certeza de que esta pessoa é a pessoa com quem quer continuar somando, dividindo, subtraindo e multiplicando a vida, até que a morte nos separe.

Quero morrer velhinho com Gláucia Gimenes, fazendo o que for possível pra que essa amizade, esse amor, essa cumplicidade se torne cada vez mais explícita entre nós e que inspire nossos filhos a valorizarem mais seus amores.

domingo, 15 de janeiro de 2017

Eu

Bom senso é o meu
Boa teologia é a minha
Bom gosto é o meu
Boa música é a minha

Bom texto é o meu
Boa liderança é a minha
Bom raciocínio é o meu
Boa administração é a minha

Bons tempos eram os meus
Boa conduta é a minha
Bons argumentos são os meus
Boas palavras são as minhas

Bom não é Deus
Bom (narcisista) eu sou
Bom é o MEU deus
"Eu sou O que sou"

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Consciência espiritual



É tanta a consciência da minha fragilidade e da relatividade de controle sobre a vida e o segundo por vir que encantado calo-me diante de ti

É tanta a consciência da minha fragilidade e da relatividade de controle sobre a vida e segundo por vir q humildemente rendo-me à tua graça

É tanta a consciência da minha fragilidade e da relatividade d controle sobre a vida e segundo por vir q genuflexo agradeço tua misericórdia

É tanta a consciência da minha fragilidade e da relatividade de controle sobre a vida e segundo por vir q feliz vivo e celebro esse teu dom

É tanta a consciência da minha fragilidade e da relatividade d controle sobre a vida e segundo por vir q livremente usufruo d td o q me dás

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Dica financeira 2017

Lamento dizer, mas se hoje, 3/1, você ainda não tem uma previsão orçamentária anual de quanto poderá gastar, mes a mes, de janeiro a dezembro, com dízimo, água, luz, alimentação, higiene pessoal e doméstica, telefone, internet, transporte (se tiver carro, com ipva, seguro, combustível e manutenção), habitação, vestuário, saúde, lazer, poupança para aposentadoria e emergências, enfim, você é um sério candidato a dar trabalho a seus familiares, irmãos na fé ou amigos, neste ano e até o final de sua vida.

Portanto, se por questões de auto-estima ou seja lá o que for, você não se cuida, fazendo pelo menos isso, não venha depois dizer que o mundo precisa ser mais solidário. 

Solidariedade não é somente os outros trabalharem pra ter como atender você em suas necessidades, provocadas por acidente financeiro, mas você também trabalhar, " fazendo algo de útil com as mãos, para que tenha o que repartir com quem estiver em necessidade.” (Efésios‬ ‭4:28‬).

Fazer um orçamento anual é a primeira coisa útil que você pode fazer com as mãos (se não tiver uma planilha excell) para poder ajudar necessitados em vez de, por descuido do básico, tornar-se um. Não há sucesso em administração que aconteça sem, primeiramente, um planejamento financeiro.

Se você não gosta, faça como faria com remédio; se não sabe, peça ajuda. Mas não se faça de vítima por preguiça de planejar ou por escolher ser parasita. #FicaADica

sábado, 31 de dezembro de 2016

Feliz 2017 !!!

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Amanhã

Amanhã 
(A propósito da mudança de Raphael pra Copenhague).

Amanhã começa um novo tempo
Novas situações estarão diante de você
Elas trarão consigo múltiplas possibilidades.
Com elas virão momentos de prazer 
que podem resultar em dor,
Mas poderão vir momentos de dor 
que resultarão em prazer.
Melhor ainda se vierem momentos de prazer 
que aumentem seu próprio amor.

Lembre-se: 
sua dor não é só sua, 
seu prazer não é só seu.
O que você sente de bom e de ruim,
Rebate primeiro em você,
Mas também rebate em mim.
Quando fizer suas escolhas, 
faça-as pensando primeiro em você,
Mas não se esqueça, portanto, de mim.

Mim eu,
Mim sua mãe,
Mim sua irmã,
Mim seus parentes
Mim seus amigos
Que também torcem 
e vibram com suas vitórias
Que também sofrem 
e choram com suas dores.

Amanhã você começa um novo tempo.
Busque graça, alegria, saúde, harmonia.
Se com isso vierem experiências desagradáveis,
Lembre-se: sempre depois, vem um novo dia.
Bj

sábado, 24 de dezembro de 2016

Papai Noel X Jesus, no Natal

Papai Noel não é páreo para alguém "que, embora sendo Deus, não considerou que o ser igual a Deus era algo a que devia apegar-se".

Você acha que um Jesus, que foi capaz de abrir mão da condição divina pra ser servo e agir o ano inteiro como presente de Deus em nossos corações, estaria preocupado com um Papai Noel que aparece uma vez pro ano pra ficar com a fama de dar presente que todos sabemos não ser real?

Páreo pra Jesus é o egoismo, a falta de solidariedade, o desamor, a idolatria do ter, a injustiça individual e social, o individualismo, o poder usurpador, enfim, que alimentamos o ano inteiro em nossos corações e em relacionamentos interpessoais e, pior, a falsidade que, depois disso tudo, nos encoraja a nos vestirmos de Papai Noel no Natal e sairmos pelas festas e redes sociais distribuindo presentinhos e sorrisos muita vez incompatíveis com o que fizemos durante o ano com as pessoas.

Se você tem se empenhado pra agir generosamente, não só em termos materiais, mas também espirituais, emocionais, sociais, enfim, durante o ano, você tem autoridade até pra se vestir de Papai Noel, cantar musiquinhas natalinas e curtir com alegria este momento cultural de fraternidade, sem precisar colocar-se moralmente em defesa de Jesus de Nazaré contra Papai Noel.

Aliás, nem de defesa Jesus precisa, pois sabe muito bem se defender, da forma que julga adequada e não com o seu e o meu discurso. Jesus não precisa de advogado ou defensoria, mas de amigos-servos...

Com Noel e suas musiquinhas ou não, "seja a atitude de vocês a mesma de Cristo Jesus, que, embora sendo Deus, não considerou que o ser igual a Deus era algo a que devia apegar-se; mas esvaziou-se a si mesmo, vindo a ser servo, tornando-se semelhante aos homens. E, sendo encontrado em forma humana, humilhou-se a si mesmo e foi obediente até a morte, e morte de cruz! Por isso Deus o exaltou à mais alta posição e lhe deu o nome que está acima de todo nome, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, nos céus, na terra e debaixo da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para a glória de Deus Pai.” (Filipenses‬ ‭2:5-11‬)

Feliz Natal bem nordestino!
Edvar Gimenes de Oliveira

(Com Gláucia Gimenes, Mônica GH, Raphael Carvalho Gimenes & Cia Ilimitada)

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Úteis, todos somos; inocentes, jamais.

O chato de ter sido expulso do Jardim do Éden é ter que conviver com o conhecimento do bem e do mal, da esquerda e da direita, não ou sim respectivamente, sabendo que úteis todos somos; inocentes, jamais. 

Davi quiz escapar com o famoso: “Senhor, o meu coração não é orgulhoso e os meus olhos não são arrogantes. Não me envolvo com coisas grandiosas nem maravilhosas demais para mim. De fato, acalmei e tranquilizei a minha alma. Sou como uma criança recém-amamentada por sua mãe; a minha alma é como essa criança.” (Salmos‬ ‭131:1-2‬). 

O fato, porém, é que ele -Davi - era o grande dentre os seus, detinha o poder, dava as ordens e quando estava para morrer, não exitou em aconselhar Salomão: vida para os meus aliados; aos adversários, morte. Se não sabe, leia (especialmente as frases em maiúsculo): 

Quando se aproximava o dia de sua morte, Davi deu instruções ao seu filho Salomão: “Estou para seguir o caminho de toda a terra. Por isso, seja forte e seja homem. Obedeça ao que o Senhor, o seu Deus, exige: ande nos seus caminhos e obedeça aos seus decretos, aos seus mandamentos, às suas ordenanças e aos seus testemunhos, conforme se acham escritos na Lei de Moisés; assim você prosperará em tudo o que fizer e por onde quer que for, e o Senhor manterá a promessa que me fez: ‘Se os seus descendentes cuidarem de sua conduta e se me seguirem fielmente de todo o coração e de toda a alma, você jamais ficará sem descendente no trono de Israel’. 

"VOCÊ SABE MUITO BEM O QUE JOABE, filho de Zeruia, ME FEZ; o que fez com os dois comandantes dos exércitos de Israel, Abner, filho de Ner, e Amasa, filho de Jéter. Ele os matou, derramando sangue em tempos de paz; agiu como se estivesse em guerra, e com aquele sangue manchou o seu cinto e as suas sandálias. Proceda com a sabedoria que você tem e NÃO O DEIXE ENVELHECER E DESCER EM PAZ À SEPULTURA

"MAS SEJA BONDOSO COM OS FILHOS DE BARZILAI, de Gileade; admita-os entre os que comem à mesa com você, pois ELES ME APOIARAM quando fugi do seu irmão Absalão

 “Saiba que também está com você Simei, filho de Gera, o benjamita de Baurim. ELE LANÇOU TERRÍVEIS MALDIÇÕES CONTRA MIM no dia em que fui a Maanaim. Mas depois desceu ao meu encontro no Jordão e lhe prometi, jurando pelo Senhor, que não o mataria à espada. Mas, agora, NÃO O CONSIDERE INOCENTE. Você é um homem sábio e saberá o que fazer com ele. APESAR DE JÁ SER IDOSO, FAÇA-O DESCER ENSANGUENTADO À SEPULTURA”. 

Então Davi descansou com os seus antepassados e foi sepultado na Cidade de Davi. Ele reinou quarenta anos em Israel: sete anos em Hebrom e trinta e três em Jerusalém. Salomão assentou-se no trono de Davi, seu pai, e o seu reinado foi firmemente estabelecido.” (1 Reis‬ ‭2:1-12‬). 

Úteis, todos somos; inocentes, jamais.