sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Lealdade é simples assim

“Se você amar alguém, será leal para com ele, custe o que custar”.
(Paulo, em I Cor. 13.7 – Bíblia Viva)

Lealdade é simples assim: se eu concordo contigo, digo que concordo. Se discordar de ti, digo que discordo. Se disser sim, faço sim; se não, não. Não há lugar para duplas palavras, para dizer sim na presença e não na ausência, ou vice-versa.

Lealdade é simples assim: se abro minha vida pra ti é porque acredito que, por me quereres bem, queres o meu bem. Se algum indício de desconfiança surgir, a lealdade adoece, o coração trava, o peito doe, o semblante cai, a testa franze, a boca se fecha, os braços se cruzam, os olhares se desviam, os caminhos se distanciam, a comunicação desfalece.

Lealdade é simples assim: fiz um acordo contigo, cumpro o acordado. Se não me sinto capaz de cumpri-lo, desfaço o acordo e depois ajo diferente. Se agir diferente do acordado, sem primeiramente ter desfeito o acordo, não apenas um trato se desfaz, mas também o próprio relacionamento fica comprometido.

Lealdade é simples assim: se percebo que o caminho que segues te trará complicação, farei um alerta amoroso, ainda que respeite tua liberdade de escolher, de caminhar. Se silenciar diante de uma escolha que percebo ser equivocada, demonstro covardia e falta de lealdade.

Lealdade é simples assim: disse que iria, fui; disse que estaria ao teu lado, ao teu lado estarei. Se te deixo só, quando contavas comigo, a confiabilidade enfraquece. Se não posso ir, aviso que não vou. Se não posso acompanhar-te, não te deixo sem aviso, muito menos isolado.

Lealdade é simples assim: se sei que não podes comprometer-te comigo, não exijo teu comprometimento. Exigir comprometimento além das forças não é lealdade, mas opressão. Quem é leal não oprime, liberta.

Lealdade é simples assim: se decido ser leal, serei leal, custe o que custar. Se não, resta-me a estrada da solidão.

1 comentários:

ilede 27 de janeiro de 2009 11:28  

EXCELENTE!!!

Fazia tempo que nao lia algo tão extraordinário...
Acabei de chegar tb da CBB em Brasilia. Viagem cheia de aventuras. Lendo JB de 11/01/09 meus olhos "pularam" no artigo Lealdade é simples ASSIM... Sempre adimirei sua capacidade de usar as palavras. Depois disso fica fácil compreender I Cor.13.7 PARABÉNS! Deus continue abençoando seu ministério e sua família.