sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Transformação - Filipenses 1:6

“Estou convencido de que aquele que começou boa obra em vocês, vai completá-la até o dia de Cristo Jesus.” (Filipenses‬ ‭1:6‬)

Há quem alimente a idéia de que a "aceitação " de Jesus transforma o caráter do indivíduo como que num passe de mágica.     
Embora eu mesmo conheça pessoas cujas vidas sofreram radical, visível e imediata transformação pontual a partir de pública confissão, posso afirmar que nem o caso é regra, nem a transfomação completa, como alguns alardeiam.

Tanto a convivência com tais pessoas (sejam elas cristãs, das vertentes católicas, protestantes ou pentecostais) derrubam a tese da mudança completa e imediata, quanto vários textos das Escrituras desautorizam a idéia do "passe de mágica".

O aperfeiçoamento do caráter (seja na graça, no amor, na cooperação, enfim, seja lá qual for o sentido que Paulo quis dar à expressão "boa obra") de quem declara fé em Jesus se dá entre o início da ação de Deus na vida da pessoa e um escatológico reencontro com Jesus que faz parte da tradição de esperança cristã. Trata-se, portanto, de um processo que acontece durante a vida toda.

1 comentários:

Blog de VERÔNICA NERY 5 de fevereiro de 2017 12:57  

Há um processo após a Conversão. O Crescimento Cristão renova-se a cada dia, sobretudo diante de cada provação ou decisão e por toda a vida. Amem