sexta-feira, 17 de julho de 2009

Amós e Amazias

“Então o sacerdote de Betel, Amazias, enviou esta mensagem a Jeroboão, rei de Israel: ‘Amós está tramando uma conspiração contra ti no centro de Israel. A nação não suportará as suas palavras. Amós está dizendo o seguinte: ‘Jeroboão morrerá à espada, e certamente Israel irá para o exílio, para longe da sua terra natal’”


Depois Amazias disse a Amós: ‘Vá embora, vidente! Vá profetizar em Judá; vá ganhar lá o seu pão. Não profetize mais em Betel, porque este é o santuário do rei, o templo do reino.’
Amós respondeu a Amazias: ‘Eu não sou profeta nem pertenço a nenhum grupo de profetas, apenas cuido do gado e faço colheita de figos silvestres. Mas o Senhor me tirou do serviço junto ao rebanho e me disse: ‘Vá, profetize a Israel, o meu povo’. Agora ouça, então, a palavra do Senhor” (Amós 7. 10-16)
xxxxx

Um é profeta
O outro é sacerdote


Um denuncia a corrupção
O outro delata como “conspiração”

Um é visionário
O outro é mercenário

Um está lutando pela saúde da população
O outro o acusa como destruidor da nação

Um incomoda
O outro acomoda

Um critica a falsa religião
O outro sobrevive da farsa na religião

Um quer salvar o povo que pertence ao supremo rei
O outro quer proteger o santuário "do rei"

Um questiona a estrutura social
O outro se alimenta da exploração social

Amós e Amazias
Você e eu?
Eu e você?
Os dois em nós?

3 comentários:

Pastora Rosangela Colares 19 de julho de 2009 12:09  

E assim são os homens, e as controvérsias sempre haverão.
Parabéns pelo artigo Pr. Edvar

Pra. Rosangela

orquideas 22 de julho de 2009 19:03  

Parabéns!
Maria

Joás 15 de junho de 2012 17:56  

Sempre hábil com as palavras.