segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Sarney, Malafaia, dinheiro, corrupção e fé

Ao assistir o vídeo que segue, no qual um senhor por nome Morris Cerullo, faz promessas de prosperidade financeira, no programa de Silas Malafaia, fiquei pensando:

por um lado

temos o Senado Federal liderado por gente envolvida até o pescoço por denúncias de corrupção. Segundo a folha, 27 dos 81 senadores estão sendo processados judicialmente, não incluidos nesse cálculo, lítigios pessoais ou movidos por adversários políticos. Para piorar, as acusações feitas contra o atual presidente José Sarney foram engavetadas pelo relator do Conselho de Ética daquela casa (transformada em covil, conforme palavra usada por Jesus).
(Os homens, da esquerda pra direita são: Dácio Vieira, juiz, José Sarney, acusado de corrupção, Agaciel Maia, ex-diretor do Senando, demitido por envolvimento em corrupção e Renan Calheiros, ex-presidente demitido por acusações de corrupção. Detalhe: o referido juiz - ex-consultor jurídio do Senando - proibiu o Estadão de divulgar as bandalheiras que estão acontecendo no Senado)

Por outro lado

temos o pós-pentecostalismo dominando a mídia, assumindo o rosto "evangélico" e girando em torno do mesmo "deus" - como pode ser visto no vídeo abaixo - que causa a corrupção no senado: o dinheiro.






Para onde iremos nós?
Sabemos que só existem comerciantes da fé porque há consumidores da fé. Se a fé é transformada em negócio é porque há um nicho de mercado formado por aqueles que estão atrás da religião não por causa de Deus, mas por causa do "deus mamom" ou "deus riquezas".
Da mesma forma, sabemos que existe o mundo da corrupção porque existem corruptores e corrompidos, cujas vidas também giram em torno do "deus mamom" ou "deus riquezas".
Pergunto:
que diferença faz a minha fé e a sua neste contexto?
Em que a instituição religiosa da qual faço parte é diferente quando o assunto é dinheiro?
A política interna ou a administração dos recursos das instituições religiosas das quais participo favorecem a corrupção?
E a mensagem que anunciamos favorece o mundo da corrupção ou ajuda a destruí-lo?

5 comentários:

Genis 11 de agosto de 2009 13:08  

Só se falam em duas coisas nesses últimos dias: Malafaia e Morris Cerullo...
Gostei muito do seu blog. Te conheci através do Blog do Ciro.
Tenho uma semana abençoada.
Genis.

Genis 11 de agosto de 2009 13:20  

Deculpe, mas eu te conheci através do blog do Lamarque e não do Ciro.
Abraço, Genis.

Maria José martins 12 de agosto de 2009 11:18  

Eu estava assistindo qnd vi a colocação do Pr.em relação aos 900,00 reais,absurdo,ontem a globo mostrou Edir Macedo fazendo isto e dizia que há quem pague mesmo fé é fé.Com isto tudo enfraquecem o evangelho e fortalecem a "corupção".Ele citou que Deus tirou do ímpio para o povo de Deus(o povo de Israel qnd saiu do Egito),qual a troca que Deus fez?Ele simplesmente liberta ,cumpre suas promessas,ele não é comerciante ,é libertador de almas,assim penso.Um abraço Pr. Edvar.

Willians Moreira 12 de agosto de 2009 17:30  

E agora, Edvar, como se não bastasse tanta podridão, voltam à mídia televisiva Edir Macedo e seus comparsas.
O covil já está pequeno. Será necessária uma reforma para ampliá-lo. Lá vai novamente o dinheiro de milhões.

Rafael 13 de agosto de 2009 23:06  

Oi Pr. nãoachei nenhum post com a dúvida que eu tenho, então estou fazendo aqui mesmo. Pode me responder? Tem a ver com os Mega Pastores Cheio de Poderes, que curam, falam em linguas, transferem dons, etc.....

PR. , acho essas coisas anti-biblicas sabe, mas uma coisa me intriga: Quen tem operado por meio destes homens?
Pr. O que faz 300 pessoas cairem para tras de uma vez con un simples gesto do pregador?
Qual o poder que cura estes enfermos?
Quem faz estas pessoas falarem em linguas?
Se o Sr. acessar o youtube poderá ver milhares de milhares de videos de pessoas sendo curadas, falando em linguas, impondo as maõs e pessoas desabando.
Sabe Pr. acho tudo isso estranho. Mas eu me pergunto: Se falarmos que isso é de Deus temos como provar na biblia que não é. Mas se falarmos que é obra do diabo, estanos falando que pessoas tem sido curadas pelo diabo e milhoes e nilhoes tem sido enganadas então? Até as pessoas puras de coração que estão ibdo a estes cultos destes lugares estão sendo enganadas ebtão?
Pr. me responda. Estou intrigado.